antarvasna hindi

Melanchton e a palavra que nos redime

Melanchton e a palavra que nos redime

Em alusão ao “Mês da Reforma Protestante”, realizaremos em outubro uma série de Mensagens sobre a Reforma. Durante todo o mês de outubro, aos domingos, as pregações serão voltadas  aos ensinamentos da Reforma. Neste ano comemora-se 502 anos da Reforma Protestante, e dentre as 5 Solas, estaremos aprendendo um pouco mais sobre esse evento Histórico e tão significativo para o Cristianismo, tendo mais conhecimento sobre o Verdadeiro Evangelho e suas Escrituras.

Para dar inicio a nossa série de mensagens, a primeira foi ministrada pelo Pastor João Batista, da Primeira Igreja Batista do José Américo, trazendo por tema:

‘Melanchton e a Palavra que nos Redime’

Ao iniciar, ele fala de forma abrangente sobre a Reforma Protestante, iniciada por Martinho Lutero no século XVI, o qual exibiu publicamente em 31 de outubro de 1517, as suas 95 teses, pregadas em frente a Igreja do Castello de Winttenberg, contrapondo-se as doutrinas da Igreja Católica Romana. E por isto, foi acusado de heresia.

Durante os meses seguintes após esse ato muitas aconteceram, que envolveram não apenas Lutero, como muitos outros reformadores que apoiaram a reforma, dentre eles, o Pastor João nos fala sobre Melanchton e sua importância para o avanço da reforma, isto porque ele conhecia diferentes línguas, em outrora havia sido professor de Lutero, e posteriormente aluno dele em teologia. Juntos, traduziram a bíblia para o alemão, e Melanchton escreveu a primeira confissão de fé dos protestantes. Felipe de Melanchton, fiel escudeiro de Martinho Lutero, apresentou ao Imperador a “Confissão de Augsburgo”, defendendo a doutrina Luterana. Também foi idealizador de uma profunda reformulação no ambiente escolar e universitário, na Alemanha.

Pastor João também nos fala sobre o significado de Reforma, aderindo aos contextos da Reforma Protestante.

Reformar: Refazer a forma que se perdeu. Um esforço que Deus colocou no coração daqueles homens, para que reformassem o que havia se perdido naquele tempo, trouxessem nova forma ao que estava acontecendo. E refletindo sobre este pensamento, analisando as vidas destes homens usados por Deus, o qual abriu seus olhos espirituais, permitindo que aqueles homens conduzissem pessoas para fazer o mesmo, Pastor João aborda IV pontos sobre a reforma e seus reformadores,  para pensarmos a respeito de tudo isso, e refletimos:

I Ponto:

  • O ser humano necessita de uma reforma interior

‘Jesus respondeu: “O que estou lhe dizendo é verdade: Se alguém não nascer da Água e do Espírito não pode entrar no Reino de Deus”. João 3.5

II Ponto:

  • Quanto mais preparados, mais alcance Deus nos dará nas nossas ações a convicções de fé.

“Até a minha chegada, dedique-se à leitura das Escrituras, à exortação e ao ensino. Não deixe de usar o dom que Deus olhe deu por meio dos profetas quando os líderes da Igreja colocaram as mãos sobre suas cabeças. Ponham essas coisas em ação; dedique-se inteiramente a elas, de tal maneira, que todos percebam o seu aperfeiçoamento e progresso. Mantenham-se vigilante em tudo quanto faz e pensa. Permaneça fiel ao ensinamento e você salvará tanto a você mesmo como aos que ouvem”.  2º Timóteo 4.13 ao 16

III Ponto:

  • Deus é quem realiza tudo, portanto, o homem é uma mera ferramenta nas mãos Dele

“Sim, Eu Sou a Videira; vocês são os ramos. Todo aquele que permanecer Em Mim, e Eu nele, esse produzirá muito fruto. Porque separados de mim vocês não podem fazer coisa alguma”. João 15.5

IV Ponto

  • Somente pela pura graça e misericórdia de Deus é que o homem pode ser salvo

“Pois é pela Graça que vocês são salvos, mediante a Fé em Cristo. Isso não vem de vocês mesmo; é uma dádiva de Deus. A Salvação não é uma recompensa pelo bem que fizemos, portanto nenhum de nós tem mérito nisso. Foi o próprio Deus quem fez de nós o que somos e nos deu uma Vida Nova da parte de Cristo Jesus para que realizássemos as Boas Obras que Ele já planejou para nós há muito tempo atrás”. Efésios 2. 8 ao 10

Para completar a noite maravilhosa, no final do culto os irmãos Valéria Silva dos Santos e Ailton da Silva Arruda aceitaram a Cristo como único salvador, e houve festa no céu.

Texto de Eduarda Cruz

Quer ser abençoado através desta mensagem? Ouça a seguir, faça seu comentário e compartilhe!

avatar
  Inscreva-se  
Notificar a