Jesus é Mestre por excelência

Jesus é Mestre por excelência

A beleza de Jesus está no seu grande e imensurável amor por nós.” Assim o Pr. Evadi Monteiro definiu um pouco das características de Cristo. Sim, ele é Mestre por excelência, e isso é comprovado a cada fato analisado, a Bíblia nos proporciona mergulhar nos sentimentos e aprender um pouco mais do nosso Senhor. Especificamente nesta passagem foi possível entender alguns comportamentos totalmente humanos e que os discípulos mesmo convivendo com Jesus de maneira real, expressaram e comprovaram que conviver não era o suficiente.

Mateus 20: 21. Perguntou-lhe Jesus: Que queres? Ela lhe respondeu: Concede que estes meus dois filhos se sentem, um à tua direita e outro à tua esquerda, no teu reino. 22. Jesus, porém, replicou: Não sabeis o que pedis; podeis beber o cálice que eu estou para beber? Responderam-lhe: Podemos. 23. Então lhes disse: O meu cálice certamente haveis de beber; mas o sentar-se à minha direita e à minha esquerda, não me pertence concedê-lo; mas isso é para aqueles para quem está preparado por meu Pai.

Jesus com muita sabedoria e sensibilidade fez a pergunta certa e deu a resposta mais sábia, onde a paciência   e o amor pelos discípulos foi primordial para que esta e diálogo acontecesse. Entender a incapacidade dos discípulos em aprender sobre a grandeza do servir era o diferencial do ministério de Jesus. Não se pode ter privilégios, muito menos o que recebemos de Deus é Por merecimento, a sua graça que é superabundante chega até Nós como bênção.

O cristianismo, é diferente do mundo, no mundo os homens mandam uns nos outros, mas no Reino de Deus, aquele que quer ser o primeiro seja o último.

A grandeza do homem está em servir, não podemos ser mesquinhos, miseráveis, parasitas… o que custa a você fazer algo? Sua vida? Então   dê a sua vida! Seja nobre! Tome uma atitude de grandeza!

Esse texto traz uma das maiores revelações sobre os discípulos, mostra a fé e a confiança que tinha em Jesus, porém mais tarde no Getsemani, os mesmos que hoje gostariam de um lugar privilegiado, os mesmos que poderiam tomar do mesmo cálice, dormiam enquanto Jesus orava e suava sangue. Mas Jesus não desistiu deles, tão pouco desistirá de nós, somos assim, as vezes alguém está   precisando de ajuda, e nós estamos tal como os discípulos, dormindo.

E você sabe qual o seu cálice?  É capaz de beber? Cada um tome o seu cálice, faça a sua parte e aprenda a servir, pois isso te faz nobre.

No final do culto a irmã Sandro Pereira aceitou a Cristo como seu único salvador e as irmãos Emanuel da Silva Souza, Laissa Raiany Souza da Silva e José Fernando voltaram aos caminhos do Senhor, e houve festa no céu.

Texto de Jullyana Celly

Assista abaixo a pregação, curta e inscreva-se em nosso canal

MOMENTOS DO CULTO

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Mais novo Mais velho Mais votado
Notificar a
Evandi
Visitante

O amor paciente e pedagógico de Jesus para os doze discípulos é o mesmo conosco hoje e para aqueles que vão nascer. Jesus ele é o mesmo, não muda e a sua bondade é graciosa para humanidade. (Hb 13. 8)