antarvasna hindi

Missões em uma só Visão

Missões em uma só Visão

Abertura da Campanha de Missões

Dia 3 de Novembro, demos inicio a Campanha de Missões, em um culto missionário a Igreja foi decorada com símbolos referente ao tema da Campanha:

Missões em uma só Visão

“Portanto vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os No Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”.

O culto foi dirigido pelo Ir. Pauliano, com um momento missionário realizado pela Ir. Eliude que apresentou alguns trabalhos realizados pela CEM, tal como o PMF (Projeto Missionário de Férias) que ocorreu na Cidade de Puxinanã, ela nos contou sobre frutos que ainda estão sendo colhidos desse trabalho incrível, convidados os irmão a também participarem e juntos trabalharem no Reino. Após o momento missionário, cantou-se a música tema da Campanha de Missões, ‘Tua Visão’.

Durante o culto, também tivemos uma participação especial com o Ir. Altair Domingos, que louvor ao Senhor em ações de Graça, pela sua conclusão no curso de administração. Louvado seja Deus por todas as suas bênçãos, toda Honra e Glória para Ele!!!

Dando continuidade ao culto, Pastor Evandi convidou o Pregador que estaria ministrando a mensagem, o Missionário Sandro Rocha, que mais uma vez esteve conosco. Sandro, seguindo a divisa da Campanha de Missões, ministrou a palavra no livro de Mateus, capítulo 18, versículos 19 e 20; trazendo por tema:

“A Obra missionária só faz sentido se estivermos juntos, com a mesma Visão”

Sandro ao começar sua mensagem afirma enfaticamente que torna-se fácil se perder no caminho, quando esquecemos nossa raízes; ele também acrescenta que a Igreja não é lugar de barganha, e que a própria bíblia nos afirma que Deus já nos abençoo, e por isso, não podemos viver uma vida de ordem invertida. Nossa visão do Evangelho precisa ser a de Cristo, precisamos interpretar corretamente o que vemos. Jesus é o maior exemplo de contextualização, e mesmo assim nos é difícil entender o que somos Nele… Se não entendermos isso, teremos uma visão deturpada, porque não nos encontraremos na História de Deus.  

Então Jesus aproximou-se dos seus discípulos e disse: “Toda a autoridade no Céu e na Terra foi entregue a Mim. Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os no Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo,  ensinando esses novos discípulos a obedecerem a todas as ordens que Eu lhes dei. E tenham certeza disto: Eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos”.  Mateus 28. 18 ao 20

Ao ler estes versículos o Missionário nos diz que todos aqueles que são chamados para a Família da Fé tem responsabilidade, ele explica que esse texto é uma continuidade da História de Jesus, que suas raízes são encontradas no Antigo Testamento. Assim, destaca alguns pontos profetizados no Antigo Testamento, que se cumpriram no Novo Testamento, relatando que enquanto eles aprendiam, ensinavam e juntamente com Jesus aprendiam o Antigo Testamento, o Novo já estava sendo escrito. Por tanto, o Antigo Testamento é a outrora visão do Novo Testamento, precisamos olhar um para compreender o outro.

Assim como podemos trazer para nossa vida, as promessas feitas a Abraão também é feita a nós. É a continua condução da História de Deus, para não corremos o risco de nos acharmos de fora, sendo uma “obra do acaso”, devemos nos achar nesta História, porque o Próprio Deus nos chamou, Epi nos chama para fazermos parte desta História, vindos da mesma raiz, para que assim tenhamos a mesma visão, assim não nos perderemos na busca por coisas, mas buscaremos viver o Evangelho, e Deus acrescentará tudo o que precisamos. Nossa visão deve apontar para Ele! Concluindo, com ênfase nos fala: Não percam o foco, nem o sentimento. Estejam no mesmo Espírito, vivendo pela Palavra de Deus. O tema desta Campanha é a compreensão de quem é o nosso Deus, e o nosso propósito de existirmos como Povo Dele.

Texto de Sara Natália

Faça seu comentário e compartilhe!

avatar
  Inscreva-se  
Notificar a