O poder da Oração

O poder da Oração

No domingo, dia 25 de novembro, a mensagem trazida pelo Pr. Evandi Monteiro nos fez refletir sobre o efeito e o poder da oração, com base bíblica em Tiago 5. 13-18.

A bíblia nos orienta a orarmos a todo tempo, quer seja na aflição, quer seja na alegria, quer seja na doença. Deus é todo-poderoso e quer abençoar-nos. Cada pessoa deve reconhecer a própria necessidade e o poder de Deus, e então, achegar-se a Ele em oração e pedir-lhe.

Como servos do Senhor devemos pedir a Ele forças para passar pelas aflições. A oração é o melhor remédio que poderíamos ter contra a tristeza. E devemos orar ao nosso Senhor Jesus não pedindo que Ele faça a nossa vontade, mas que a nossa oração se adeque a vontade Dele! Mas quantas, e quantas vezes tendemos a odiar a vontade do Senhor Jesus quando ela vai contra a nossa, ela pode até mesmo, no nosso ponto de vista, nos machucar. Mas que nunca esqueçamos que a vontade de Deus é boa, perfeita, e agradável. Independente de tudo!

Devemos ser imitadores de Cristo… E para isso temos que derramar nossa vida no altar de dEle. É da lembrança de Jesus que temos que tirar forças para resistir ao sofrimento.

O primeiro ensino que Deus nos trás, é que devemos orar uns pelos outros, até por quem não conhecemos. No texto Tiago indaga: “… há alguém que está sofrendo? Que ele ore.”

Temos que compartilhar do mesmo sofrimento que nosso próximo, orando por ele. Temos que crer no poder da nossa oração, e o quanto ela é importante. A diante Tiago faz uma nova indagação: “… há alguém que está doente? Que ele mande chamar os presbíteros da igreja…” Pois às vezes estamos tão bonitos for fora, mas só nós e Deus sabemos como está dentro do nosso coração. Só nós sabemos a pressão que passamos, sendo assim, temos que orar ao Deus vivo apresentando nossas dores e dificuldades. Sejam elas de que ordem for; precisamos continuar orando com fé, crendo que Deus perdoará nossos pecados e nos sarará. A oração de fé é um meio importante de alcançar a misericórdia de Deus. Ele verá nossa fé e nos recompensará.

Do mesmo modo se estivermos alegres, devemos cantar louvores. Da mesma forma se estivermos doentes, chamemos os pastores, nossos presbíteros e diáconos, assim como também, nosso irmãos, para que eles orem por nós. Sabemos que é difícil, e pode ser até mesmo constrangedor termos de pedi ajuda, mostrar nossas fraquezas, mas Cristo nos manda ir a procura de alguém que possa ajudar, pedi oração. A igreja vai orar por você. Entretanto você precisa pedi – as pessoas certas – a quem realmente pode lhe ajudar, e não sair contando a todos seus problemas.

Temos na bíblia uma parábola que mostra o poder do pedido, em Marcos 2, onde Jesus cura o paralítico, no texto diz que quatro rapazes vinham com o paralítico, mas não conseguiram chegar até Jesus por conta da multidão. Então eles resolveram remover parte da cobertura do lugar onde Jesus estava e entrar por ali. Jesus viu a fé que eles tinham em Deus, Jesus viu que eles foram pedir ajuda a quem podia ajudar. E assim Jesus diz: “Filho, os seus pecados estão perdoados” e adianta disse: “Levante-se, pegue a sua maca e vá para casa.” Glória a Deus! A única maneira que temos de agradar a Deus é tendo fé!

Muitas vezes nós, temos todas as condições de ir à casa do Senhor e mesmo assim não vamos. Não estamos nem aí pra Deus.  E o paralítico impossibilitado de andar, dependente de outras pessoas, em meio há tantas dificuldades ele foi em busca do Senhor Jesus. E nós, damos cada desculpinha esfarrapada para não irmos a Igreja. Esquecendo que Deus nos deu a incumbência de proclamar as escrituras sagradas. Deus nos chamou para testemunhar que só Jesus Cristo salva!

Ao sermos perdoados sentimentos uma paz imensa no coração, pois Deus tira de lá tudo que está nos deixando mal e aflitos. A única relação que temos com Deus é a oração! Dessa forma, precisamos ir aos cultos de oração da nossa igreja, orar em comunhão por nós e nossos irmãos. Que possamos orar uns pelos outros, que estejamos preparados para escutar, orar e aconselhar quando algum irmão vier a nossa procura precisando de ajuda. A oração sustenta a nossa vida. Quando os justos oram com fervor, Deus se manifesta. Que Deus nos abençoe!


A noite do dia 25/11 também ficará marca5a no coração de toda Igreja porque ainda tivemos a apresentação de Gael Filliph Ferreira Rufino, filho(a) de Yndrews Filliph Ferreira Rufino e Lorrany Thayna Ferreira Rufino. (A Bíblia não nos orienta a batizar crianças nas águas, por isso apresentamos em oração toda a família em forma de consagração e gratidão a Deus. Pois assim nos orienta as escrituras sagradas. Lucas 2.22).

Texto de Maria Alice

 

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar a