Somos Igreja Unida em amor, fazendo Missões

Somos Igreja Unida em amor, fazendo Missões

No último domingo do mês de Maio, ainda em celebração ao mês da Família, demos abertura a nossa Campanha de Missões que perpetuará até o dia 30 de Junho. Durante esse período todas as nossas atividades serão voltadas para Missões e toda a Igreja está convidada a participar destes momentos.

A Campanha de Missões feita em nossa Igreja é realizada pelo Ministério da CEM – Coordenação de Evangelismo e Missões. Que este ano reintegrando suas atividades realizou projetos e eventos. Durante o mês de junho toda a programação estará voltada para esta campanha, haverá uma feira missionária, cultos, realização de palestras durante a ‘Semana Missionária’ e etc. Tais programações serão realizadas por todos os departamentos de nossa Igreja, e contamos com a participação de todos os membros.

O culto de Abertura foi caracterizado para absorver as características de Missões Interestaduais, com cenário e apresentações representativas, o culto foi dirigido pelo Pastor Messias, o mesmo é coordenador da CEM, e com propriedade falou sobre a importância desta Campanha de Missões, e todas as programações que serão voltadas para este fim.

Dando continuidade ao culto, Pastor Evandi orou pelas nossas crianças e apresentou ao Senhor a vida do pequeno Murilo, onde todos nós agradecemos e oramos por sua vida e sua família. Após esse momento Pastor Evandi passou a palavra para o nosso palestrante da noite, o missionário Nilton Cabloco.

“Somos Igreja Unida em amor, fazendo Missões”

“Minha oração por todos eles é que sejam Um, tal como eu e o Senhor Somos, ó Pai. Porque assim como o Senhor está em mim e eu no Senhor, assim estejam eles em Nós, para que o mundo creia que o Senhor Me Enviou”. João 17.21

Este foi o tema também escolhido para a ministração da Palavra. Antes de dar início a sua mensagem, o missionário Nilton agradeceu pelo carinho e amor que foi recebido em nosso meio, pelas amizades construídas e experiências compartilhadas e vividas pelo PFM – Projeto Missionário de Férias – que fez uma ação missionária na cidade de Puxinanã, na qual o Missionário atua; agradeceu pelo apoio que recebeu em Puxinanã em seu Projeto Casa Verde – apesar de sermos nós que agradecemos pelas experiências vividas nessa cidade. E concluiu este momento dizendo: “Nosso Deus não promove encontros para que as coisas deem erradas”.

O missionário Nilton escolheu o livro de Mateus capítulo 9 como base de sua reflexão, lendo dos versículos 1 ao 8, e do 18 ao 35. Fazendo em tempos, atribuições aos capítulos 8 e 10. Começa sua mensagem nos fazendo refletir que muitas pessoas ainda andam como ovelhas sem pastor, e que a responsabilidade de semear esse pasto e resgatar essas ovelhas é nossa, e tal responsabilidade nos é dada por Deus.

Usando de uma analogia mais especifica e de experiência para ele, Nilton nos fala sobre a dificuldade vivida pelas pessoas de Puxinanã com relação a água, lá não tem água disponível para a população como somos acostumados a ter, é uma escassez muito grande. Mas nós, com a responsabilidade que temos, não devemos no ater a essas dificuldades, mas pensar que independente da dificuldade precisamos e devemos saciar essa sede com a água da vida.

Abrindo espaço para outro ponto da mensagem, o Missionário Nilton nos fez a seguinte pergunta: “Por que é, que você não pode?”

Muitas vezes o que achamos ser suficiente, ainda não é o nosso melhor. Os caminhos que nós mesmos traçamos não nos levam a Deus, não são o nosso melhor. E é justamente por isso, que em certos casos esperamos de Deus o melhor, e no tempo que nós queremos não recebemos. Se nos perguntarmos o porquê, será fácil identificar, porque nós não damos o nosso melhor para Ele. Não há nada melhor para darmos a Deus do que nossas vidas, a nossa disponibilidade, não poderemos fazer nada de mais importante do que servir a Deus. E servir a Deus inclui o nosso Ide, o expandir do Reino.

Dar o nosso melhor a Deus não inclui apenas sacrifícios, mas também a misericórdia. O sacrifício é aquilo que temos, é a nossa edificação; A misericórdia é quando expressamos o amor que Deus colocou em nossos corações, é quando damos tudo de nós. Quando fazemos isso vamos além das nossas expectativas, e alcançamos as expectativas de Deus. E qual seria a expectativa de Deus com relação a nós? “Ide por todo o mundo até os confins da Terra – Não há limites”. Não negocie o seu chamado, a Missão da Igreja é Evangelizar, e precisa começar por você.

Para concluir esta mensagem, Nilton descreve que fazer Missões é o mesmo que dizer “Em Deus eu posso confiar Sempre”, isso porque o que nos liga a Deus hoje é o Espírito Santo, que já habita em nós, é Ele que nos faz entender que Deus perdoa pecados, e que esse deve ser o foco, mostrar as pessoas a misericórdia de Deus. Uma Igreja que age assim, fazendo Missões reconhece toda a Soberania de Deus; Ele vai mostrando a cada um de nós o que Ele pode fazer quando confiamos Nele, quando O damos o nosso melhor, Ele nos honra; não deixa escarnecer, colheremos tudo aquilo que plantarmos. Se queremos fazer a obra, devemos começar já! O tempo de Deus é Hoje! E devemos estar todos envolvidos em um só propósito. Se você é abençoado em uma Igreja abençoada, abençoe outros.


A noite do dia 06/05/19 também ficará marcada no coração de toda Igreja porque ainda tivemos a apresentação de Murilo da Costa Nascimento, filho(a) de Joneilton dos Santos Nascimento e Camila da Costa Nascimento. (A Bíblia não nos orienta a batizar crianças nas águas, por isso apresentamos em oração toda a família em forma de consagração e gratidão a Deus. Pois assim nos orienta as escrituras sagradas. Lucas 2.22).

Texto de Sara Natália

Quer ser abençoado através desta mensagem? Ouça a seguir, faça seu comentário e compartilhe!

 

avatar
  Inscreva-se  
Notificar a