Uma igreja saudável

Uma igreja saudável

No último domingo de Janeiro dia 27, a Mensagem foi feita pelo nosso Pastor Paulo, que trouxe por tema:

Uma Igreja Saudável

Juntando a este tema o livro de Atos dos Apóstolos, que nitidamente descreve o nascimento das Igrejas do primeiro século, como deve ser ordenada uma Igreja, seus princípios e sua moral, e como a mesma deve ser saudável e os meios para se manter saudável.

“Portanto, eu garanto a todos em Israel que este Jesus que vocês crucificaram, Deus o fez Senhor e Cristo.
Estas palavras de Pedro comoveram a todos profundamente, e disseram a Pedro e aos outros apóstolos: ‘Irmãos, que devemos fazer?’
Pedro respondeu: ‘Cada um de vocês deve abandonar o pecado, voltar-se para Deus e ser batizado no nome de Jesus Cristo para o perdão dos seus pecados. Então vocês também receberão o dom do Espírito Santo.
Porque Cristo prometeu esse dom para cada um de vocês que tenham sido chamados pelo Senhor, o nosso Deus, para os filhos de vocês e até para que os estão longe!
Então Pedro, com muitas palavras, procurando convencer todos os seus ouvintes, continuou ‘Salvem-se desta geração perversa!’.

E aqueles que acreditaram na mensagem de Pedro foram batizados, e naquele dia se uniram aos seguidores de Jesus cerca de 3.000 pessoas.”
Atos 2. 36-41

Hoje muito diferente dos primeiros séculos as Igreja funcionam em base de uma organização, tal que não deveria gerar interesses financeiros, mas ter como propósito o mesmo objetivo: alcançar vidas para Cristo e servir ao Reino Dele. Entretanto nos dias de hoje, e precisamente em nossa Cidade vemos uma infinidade de Igrejas, cada uma com um nome diferente, umas tão grandes outras pequenas e cada qual que procure seu interesse pessoal, uma multidão em Igrejas que procure falar mais alto que outros, que tentam ser maiores e mais bonitas, que vivem doutrinas diferentes e condenam-se umas as outras por isso. Igrejas que se tornam controvérsias e destrutíveis, sem fundamentos e não estão saudáveis. 

“E Eu pedirei ao Pai e Ele dará a vocês outro consolador, que nunca deixará vocês”. – João 14.16

“Mas quando o Espírito Santo descer sobre vocês, receberão poder para serem minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda Judeia e Samaria e até os confins da Terra”. – Atos 1.8

Uma Igreja saudável tem a presença do Espírito Santo, pois cada um dos membros precisa se manter cheio Dele; Uma Igreja não é formada por trabalhos individuais, não é uma associação de interesses, mas por pessoas que em harmonia trabalham para Deus. Não há como ser uma Igreja Individual, isso nos adoece. Precisamos pensar que somos como um organismo, o organismo de Cristo, onde todos os sistemas e órgãos devem funcionar continuamente e muito bem, para que assim todos permaneçam saudáveis.

Uma Igreja saudável não pode ser usada como um grêmio recreativo, algo que busca interesses e metas, ou ser considerada um espaço que apenas surgiu ali; Ela é algo que cresce no dia a dia, com o trabalhar e o desempenho dos seus membros. Um organismo vivo que precisa do Espírito Santo para que se espalhe por todo o mundo, e jamais perca o pertencimento de Cristo.

Uma Igreja que é cheia do Espírito Santo torna-se motivada por Ele, suas ações transmitem a personalidade Dele, e assim, suas ações glorificam a Cristo; Não se entrega as paixões do mundo, não visam seus próprios interesses e falam dos seus feitos, mas são Testemunhas de Cristo aqui na Terra, repassam para todos uma mensagem inteligível e fiel, que não apenas traz A Palavra em teoria como também a praticam , associa o que diz ao que faz, para que não seja uma Igreja vazia e não perca seu testemunho aos ventos.

É para que esse foco não se perca, que Lucas no escreve o livro de Atos, para que seja construído em cada um de nós o último capítulo 29, o evangelho que vivemos e ministramos á cada dia das nossas vidas; continuar o ensino de como devemos nos comportar, como ser Igreja e não perder a identidade de Filhos de Deus. Pois há muitas Igrejas vivendo apenas pela religiosidade e doutrinação, não vivem pelo Espírito, mas por elas mesmas, e nós precisamos analisar nossas vidas, e viver de acordo com os princípios ensinados pelo nosso Senhor, para que não apenas nós, mas a nossa família, e os que fazem parte da nossa Igreja sejam saudáveis, alimentados pela Palavra.

A saúde da Igreja depende da atuação de cada membro, para que se tornem um todo e caminhem juntos. Como Igreja teremos muita atribulação, problemas e dificuldade, e é apenas vivendo juntos, construindo o ‘Ser Igreja’ que conseguiremos ajudar uns aos outros. Caminhando juntos, abençoando e sendo abençoados.

Para completar a noite maravilhosa, no final do culto a irmã Maria da Guia da Conceição voltou aos caminhos do Senhor, e houve festa no céu.


A noite do dia 27/01/19 também ficará marcada no coração de toda Igreja porque ainda tivemos a apresentação de Laura Manuele Alves Dos Santos, filho(a) de Fábio Alves De Lima e Liliane Pereira Dos Santos. (A Bíblia não nos orienta a batizar crianças nas águas, por isso apresentamos em oração toda a família em forma de consagração e gratidão a Deus. Pois assim nos orienta as escrituras sagradas. Lucas 2.22).

Texto de Sara Natalia

Quer ser abençoado através desta mensagem? Ouça a seguir, faça seu comentário e compartilhe!

avatar
  Inscreva-se  
Notificar a